quarta-feira, 10 de maio de 2017

Alienation


Alienation é um RPG e um shooter desenvolvido por Housemarque e Sony interactive Entertainment. Chegou as lojas em Abil de 2016 na PS4

Alienation é chamado de "isometric twin-stick shooter", onde o jogador controla o seu heroi através dos analógicos, onde um tem a função de movimentar e o outro para apontar. O jogos é situado no futuro onde os extra-terrestres estão a invadir a Terra.

Depois de uma grande parte da população ter sido morta ou "transformada", o destino da humanidade está nas mãos de um grupo de 4 soldados de UNX (grupo militar criado com o objectivo de travar os ataques).

É um jogo de 1 a 4 jogadores, cujo o objectivo é defender contra uma invasão de aliens, através de niveis que vão aumentando a sua dificuldade. O sjogadores têm a possibilidade de escolher entre 3 classes, cada uma com habilidades específicas. Entre várias coisas, existe a possibilidade de o jogador melhorar as armas através de uns coleccionaveis chamados de "cores".



È possível encontrar armas deixadas por extra-terrestres que tenham sido mortos ou por caixas que são encontradas ao longo do jogo. As armas podem conter slots onde serão postos os "cores" para melhorar o desempenho delas. Os cores também estão dispostos por níveis, do 1 ao 5, dando melhor performance as armas.
As armas vão desde stock (mais fracas) as lendárias (mais fortes). As armas que não forem necessárias podem ser convertidas em materiais para alterar as propriedades das armas. Para além das armas existe também a opção de correr e lutar, sendo que estas opções serão utilizadas em casos de fuga das hordas.



O jogo tem um single player mode, co-op e multiplayer que permite que até 4 pessoas joguem em simultâneo, cada um a controlar o seu heroi.
É possivel escolher 3 classes,  Bio-Especialista (Bio-Specialist), Sabotador (Saboteur) e Tanque (Tank). Cada um deles tem uma arma e habilidades próprias que permitem que sejam melhoradas ao longo do jogo. Existem armas assim como habilidades que são comuns as 3 classes também.



Por exemplo o Bio-Especialista consegue curar os restantes elementos da equipa ou deixar um rasto de veneno no ar ou criar umas sombras que roubam vida aos enimigos para entregar a ele próprio. O Tanque consegue criar um escudo protector, onde permite fazer ataques frontais e destruir tudo com a sua passagem e o Sabotador tem a capacidade de ficar invisivel e infiltrar-se sem ser notado ou chamar ataques aereos. Os jogadores têm de se defender contra horas de extra-terrestes, aumentando a dificuldade a medida que se avança nos níveis. No modo multiplayer, os jogadores conseguem reanimar jogadores que tenham perdido a vida durante o combate.



O jogo teve boas avaliações no seu geral, sendo que uma das grandes críticas era a falta do jogo em modo co-op, como acontecia no Dead Nation, algo que foi mais tarde, adicionado com um update ao jogo, assim como a introdução de ligas (Bronze até Diamond League).

Tive a possibilidade de jogar e posso dizer que é um jogo bastante bom, até melhor que o Dead Nation. Passei muitas jogas a jogar e espero continuar a fazê-lo.

No seu geral é um jogo bem conseguido, espero que aparecam mais no genero para que tenhas mais horas de vicio





sexta-feira, 23 de dezembro de 2016



Olá a todos,

Hoje queria falar acerca do The Witcher 3. Infelizmente não tive possibilidade de jogar muito tempo, mas do pouco que vi posso dizer que fiquei muito impressionado.



The Witcher 3: Wild Hunt é um jogo de acção do género RPG desenvolvido pela CD Projekt RED para as plataformas Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, sendo o terceiro título da saga.


Os jogos anteriores da saga são o The Witcher, lançado em 2007 e o The Witcher 2: Assassins of kings, lançado em 2011.

Sendo um jogo open World passado na era mediaval, dá total liberadae ao jogador para seguir a história e/ou seguir os side quests que o jogo disponibiliza.
O jogador toma o papel do lendário bruxo Geral de Rívia, o qual irá iniciar uma loja jornada pelos Reinos do Norte enquanto a ordem planetária enfrenta uma grande mudança, com o misterioso e macabro exército de cavaleiros vermelhos conhecido como a "Caçada Selvagem" deixando apenas sangue e ruína por onde passa.
 Os jogadores terão de enfrentar vários desafios, utilizando uma espadas e magia à medida que vão interagindo com as inumeras personagens que vão completando as missões para o progresso da história, podendo viajar a pé, a barco, ou montado no cavalo inseparável de Geralt.





The Witcher 3 foi muito aclamado pelos criticos, com alguns a considerar um dos melhores jogos do ano. Foi galardoado com vários prémios (254), sendo que um deles foi o mesmo o Jogo do Ano em 2015, na cerimonia The Game Awards.




Uncharted 4 - A Thief's End

 


A ultima aventura do nosso guerreiro Nathan Drake já chegou há algum tempo, mas apenas agora tive a oportunidade de o testar.

Neste momento posso dizer que já joguei todos os jogos da saga Uncharted e garantidamente para finalização, esta ultima aventura está muito boa.

Como todos os jogos, tem sempre as suas falhas, e este não é excepção mas sem dúvida será a melhor aventura criada pela Naughty Dog.

A começar pela história, passando pelos gráficos e acabando na jogabilidade, é sem dúvida um dos melhores jogos que já joguei…

Foi lançado no dia 10 de Maio de 2016 pela Sony Computer Entertainment para PlayStation 4.






Escrita por Neil Druckmann, Tom Bissell e Josh Scherr, a história acontece três anos depois dos eventos de Uncharted 3: Drake's Deception, em que a rotina de Nathan Drake é interrompida quando Sam, o seu irmão mais velho, entra na sua vida a pedir-lhe ajuda para encontrar um artefacto relacionado com o tesouro do pirata Henry Avery.



O jogo mantém muitas das mecânicas encontradas nos capítulos anteriores, apesar de existirem várias mudanças na jogabilidade, principalmente a forma como o jogador se move e interage com o ambiente. Os níveis continuam a ser lineares, embora com mais espaço para explorar, espaço esse que o jogador pode usar para conseguir pontos de maior vantagem para o combate, ou evitar completamente grupos de inimigos.



Isto será apenas uma pontinha do que o jogo tem para oferecer, mas deixo aqui uma opinião… Se ainda não tiveste oportunidade de testar, aproveita,pois certamente vais passar bons momentos enquanto procuras os tesouros escondidos de Henry Avery
Olá a todos,
Posso dizer que estive a contar os dias para o lançamento deste jogo: X-COM 2
Foi um feliz acaso que conheci o primeiro na plataforma da Sony (PS3) e tornei-me num grande fã....
Gostei da ideologia do jogo e da sua jogabilidade, foi algo diferente do que estava habituado.
Embora o "primeiro" tenha sido o X-COM: Enemy Unknown, na realidade este título já tinha sido lançado no passado para o PC.

História:

Foi criado pela Microprose em 1993. Os primeiros 3 jogos lançados eram jogos de estratégia, mas ao contrário dos anteriores, o 4º título foi uma conjugação de um jogo de estratégia com um jogo de acção.

Os títulos lançados desta serie foram:

X-COM: UFO Defense
X-COM: Apocalypse
X-COM: Terror from the Deep
XCOM: Enemy Unknown
XCOM: Enemy Within
XCOM 2

Existe um título - The Bureau: The XCOM Declassified, mas foge do tipo de jogo original, visto ser um FPS.

A história é simples, a Terra está a ser invadida por uma raça de aliens e o objectivo é parares o ataque por qualquer meio.

A partir daqui é que o jogo começa a ganhar pontos, terás a necessidade de evoluir a tua base, armas, tecnologias, defesas para conseguires fazer frente á ameaça (X-COM: Enemy Unknown e Within).
Para a versão XCOM 2, o planeta foi conquistado pela ameaça ET e neste momento a Resistência tem como objectivo recuperar o planeta Terra e limpar a raça alienigena.

Para quem gosta deste tipo de jogos, recomendo, pois serão umas horas muito bem passadas, mesmo com os bugs que o jogo tem (problemas com os ângulos de visão e o ambiente em redor (Predios e outras estruturas que poderão ficar pela frente).

domingo, 4 de janeiro de 2015

Ano 2015

Boas a todos,

Estive muito apagado devido ao trabalho mas este ano vou tentar retomar.

Tenho alguns jogos que prentendo falar, como o GTA V, o novo Dragon Age e o Middle Earth - Shadow of Mordor.




segunda-feira, 5 de agosto de 2013

The Last of Us



Bom já tenho o jogo desde o lançamento, mas pouco joguei até a data....

Do que vi posso dizer, que é mais um grande titulo da Naughty Dog, com algumas semelhanças no que toca a jogabilidade e movimentos do próprio jogador.

The Last of Us é um jogo na terceira pessoa de aventura/acção com elementos de sobrevivência e de horror. Desenvolvido pela Naughty Dog, a mesma produtora da saga Uncharted, e lançado no dia 14 de Junho de 2013 em exclusivo para a PlayStation 3. Foi anunciado oficialmente em 10 de Dezembro de 2011 durante os Spike TV Video Game Awards.
O jogador controla Joel (voz de Troy Baker), a percorrer os Estados Unidos num ambiente pós-apocalíptico em 2033, que tem como missão levar a jovem Ellie (voz e movimentos de Ashley Johnson) até um grupo de resistentes amigáveis, os Fireflies.
O jogador tem de se defender contra criaturas do género zombies infectadas com o fungo cordyceps, assim como bandidos e canibais humanos, usando armas de fogo e métodos de infiltração melhoradas com capacidades como representações visuais de som para conseguir ouvir as localizações dos inimigos. O jogador também pode fabricar armas e recursos médicos combinando itens encontrados ao longo do jogo.

Nesta altura é um jogo que já não precisa de grandes apresentações e será sem duvida o jogo do ano dentro da sua categoria.





sábado, 8 de junho de 2013

The Last of Us


The Last of Us

O novo jogo da Naughty Dog está quase a chegar...

Dia 14 de Junho.....