domingo, 30 de setembro de 2012

Sports Champions 2





Com o lançamento da Playstation Move, foram também lançados vários jogos, entre eles o Sports Champions, na minha opinião, a melhor aposta deste gênero de jogos.

Neste jogo encontra-mo-nos na pele de um ele/a e teremos de enfrentar os nossos companheiros para ganhar as taças de bronze, prata e ouro, passando por confrontos cada vez mais dificeis.

Desportos

Neste campo tinhamos 5 tipos de desportos únicos:

  • Volei de Praia
  • Disco Golf
  • Tennis de Mesa
  • Luta Mediaval
  • Arco e Flecha
  • Boccia

Personagens

As personagens que poderiamos escolher eram as seguintes:

  • Giselle: Abençoada com velocidade e agilidade, esta super-estrela do desporto é o rosto da juventude brasileira. 
  • Connor: Um atleta feroz, The Green Hammer é um dos jogadores mais duros do rugby irlandês. 
  • Rin: Afável e reservado, o enigmático Rin é um dos atletas mais destemidos em campo. 
  • Jackson: Este valente nova-iorquino conquistou legiões de fãs graças ao seu espírito competitivo e charme. 
  • Boomer: Combinando beleza e capacidades atléticas, esta rapariga americana parece ter tudo. 
  • Dallas: Um atirador implacável, o antigo Marine anda à procura de inspiração para a sua nova carreira musical. 
  • Belle: A ginasta romena está destinada a ter sucesso, tendo sido treinada para tal desde tenra idade 
  • Tatupu: Orgulhoso das suas origens, o forte samoano é um exemplo para a juventude do seu país. 
  • Kat: Uma temível pugilista, Kat é extremamente respeitada pela sua atitude dura. 
  • Kenji: Viver rápido, correr mais rápido - este é o lema de Kenji, um piloto japonês à procura de ser número um.
Á medida que vamos avançando no jogo vamos desbloqueando novos fatos para cada um deles e mesmo novas personagens.

Basicamente o jogo era competição, passei ainda horas de volta do jogo, principalmente na parte do tennis de mesa, visto ser um dos meus jogos favoritos e já participei a nivel de competição.




Foi anunciado que vem a sequela a este jogo e com isso muitas novidades. Para o Sports Champions 2 temos os seguintes jogos:

  • Ski
  • Boxe
  • Tennis
  • Golf 
  • Bowling

Do pouco que já vi, pode-se dizer que vem aí mais uma boa aposta, deixo-vos um pequeno video de apresentação



Esperemos que este seja tão bom como o seu predecessor....

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Classic Game Room

Classic Game Room

Boas a todos,

Há uns tempo atrás descobri  no YouTube um canal de classificação de jogos (antigos e novos) no qual me tornei seguidor.
Acho que a maneira dele apresentar os jogos e de os avaliar é bastante fora do vulgar e bem divertida. Ele avalia desde jogos a equipamentos, ou seja, de tudo um pouco.
Deixo aqui alguns dos videos dele para que tirem as vossas conclusões.
Abraços a todos....



 





Max Payne



Max Payne é um jogo na terceira pessoa vencedor do BAFTA (British Academy of Film and Television Arts) desenvolvido pela empresa finlandesa Remedy Entertainment, produzido pela 3D Realms e distribuído pela Gathering of Developers em 2001 e pela Rockstar Games em 2002.
Este jogo conta a história de um policia chamado Max Payne, que na tentativa de se infiltrar na máfia com o objectivo de investigá-la vê a máfia e a própria polícia contra ele. Isto coloca-o numa vingança fora de controle contra os fantasmas da sua vida.

O lançamento inicial deu-se com a saída do primeiro da trilogia (até aos dias de hoje), Max Payne, onde o jogador assume o papel do personagem principal, Max Payne. Quase todo o jogo envolve a utilização do "bullet time" para balear inimigo após inimigo. Os níveis são geralmente simples, com quase nenhuma caça às chaves; havendo alguns níveis incorporam elementos de plataforma e quebra-cabeças. No entanto, a ênfase principal do jogo está no tiroteio.
Inicialmente, a única arma que o jogador possui é uma pistola de 9 milímetros; à medida que o jogador avança no jogo vai tendo acesso à outras armas, incluindo pistolas (Bereta 92 e Desert Eagle), espingardas (espingardas de bomba de ação e de cano serrado e uma Pancor Jackhammer automática), sub-metralhadoras (Ingram e Colt Commando), um lançador de granadas M79, uma rifle de precisão, e armas de ataque corporal (algumas destas armas podem ser usadas em dobro, sendo usada uma arma em cada mão).
A inteligência artificial do jogo é totalmente dependende dos comandos pré-escritos. A maior parte dos movimentos dos inimigos de inteligência artificial, como lançar granadas, esconder-se atrás de caixas, fugir do jogador, são todos pré-escritos. Assim quando um nível é repetido, inimigos fazem os movimentos iniciais exactamente iguais aos que foram feito na primeira vez.
Para se mover ao longo do jogo, o jogador pode descobrir quais são os seus objectivos "ouvindo" os pensamentos de Payne, onde Payne repete para si mesmo quais são os seus próximos passos a tomar. Vários níveis do jogo envolvem pesadelos simbólicos-surrealistas relacionados aos efeitos das drogas resultando nas alucinações de Max.
Níveis com dificuldade avançada são extremamente desafiadores; o modo "Dead on Arrival" limita que o jogador salve apenas sete vezes por capítulo, e o modo "New York Minute" força o jogador a terminar o capítulo antes do tempo limite acabar. Quando o jogo é completado no modo "Dead on Arrival", Max é transportado para a "Final Battle" (Batalha Final), onde o jogador luta contra 20 assassinos de terno em Bullet Time infinito e cada um dos inimigos com uma Jackhammer Pancor.
Na dificuldade máxima, Max é (a partir de uma perspectiva de jogo) extremamente frágil e morre após sofrer poucos tiros das rifles, ou um tiro de espingarda preciso. A maioria dos inimigos pode ter vida superior a três vezes a de Max. O jogador pode curar Max consumindo analgésicos




Max Payne 2: The Fall of Max Payne é a sequela desenvolvida pela empresa finlandesa Remedy Entertainment e publicado pela Rockstar Games lançado em 2003. O jogo Max Payne, mantém as mesmas características do anterior como os movimentos em câmera lenta e o clima de um film noir em Nova York.
Max Payne é transformado de prisioneiro em policia herói. Alfred Wooden cumpriu a sua palavra e limpou as acusações contra Max. Agora ele trabalha com Jim Bravura como detetive da polícia de Nova York.
Porém ao tentar ajudar o amigo Vladmir Lem, contrabandista de armas russo, a retomar o seu restaurante Vodka acaba por descobrir que há alguém que quer vê-lo morto.
Nisto ele reencontra Mona Sax, que acreditava estar morta por ter levado um tiro na cabeça. Ela é considerada suspeita de assassinato no caso da detetive Winterson, a sua colega de trabalho. Mona Sax revela que também possui pessoas atrás de si e que pode ajudá-lo pois conhece membros da mesma sociedade secreta de Alfred Wooden. Max apaixona-se por Mona Sax.




Max Payne 3 chega em 2012 (9 anos depois do segundo) e é um jogo na terceira pessoa da Rockstar Games lançado em Maio para Microsoft Windows, PlayStation 3 e Xbox 360.O desenvolvimento é feito pela Rockstar Vancouver, em colaboração com os estúdios de Nova Inglaterra, Londres e Toronto. É o primeiro jogo da série que não foi desenvolvido pela empresa finlandesa Remedy Entertainment e também não é escrito pelo criador da série, Sam Lake. O autor principal de Max Payne 3 é Dan Houser, que também foi o escritor da maioria dos jogos da série Grand Theft Auto e de Red Dead Redemption.
Max Payne 3 é um jogo na terceira pessoa no qual o jogador assume o papel da personagem principal, Max Payne.
Max Payne 3 contará com o zoom sobre o ombro e mecânica de cobertura. No entanto, estes só vão servir como enfeite do clássico "correr e disparar" do jogo.
Em Max Payne 3 regressará também o bullet-time nas sequências de acção, em que a franquia é bastante notável. Em bullet-time, será possível ver todas as balas fazerem um buraco nos seus inimigos. A mecânica de "Last Man Standing", o que dá Max um alívio da morte por um pequeno período, se ele tiver um analgésico com ele. Se o jogador é capaz de encher o inimigo, que o feriu, de balas irá então recuperar a energia suficiente.
Max Payne 3 mantém a mecânica de atirar-esquivar dos jogos anteriores. Max também será capaz de permanecer no solo após um mergulho, o que lhe permite atirar em 360 graus em redor. Rockstar combinou a física e animação, de modo que quando Max mergulha, é de acordo e apropriado ao seu ambiente. Através da utilização avançada do motor Euphoria, atirando e matando os inimigos em Max Payne 3 ficará visivelmente mais realista do que em todos os jogos anteriores da Rockstar.
Novo na série são os movimentos de acção cinematográficas, essencialmente vídeos interactivos. Max, por exemplo, deve saltar de uma varanda de fábrica, agarrar um gancho do guindaste e atirar contra uma multidão de bandidos, enquanto gira em câmara lenta.


 Pessoalmente joguei os primeiros 2 jogos de Max Payne e na altura fez o meu delírio e dos meus colegas de escola na altura. Foram introduzidas grandes novidades em ambos os jogos que por isto do bullet-time surgiu mais ou menos na altura em que os Filmes do Matrix estavam a dar voltas a cabeça das pessoas.
Estou bastante curioso por este jogo e sendo um lançamento da Rockstar que já deu grandes nomes com GTA e Red Dead Redemption. Vou ter de contar os tostões para ver se consigo jogar mais um grande título como Max Payne 3


domingo, 15 de abril de 2012

Bleach

Bleach

Recentemente soube que umas das minhas series de Anime favoritas chegou ao fim (em principio) no que diz respeito a episódios (pois pelo que parece a bd continua) e por isso decidi fazer uma homenagem falando dos vários jogos disponíveis sobre esta fantástica serie.

Jogos lançados:

Bleach: Soul Resurreccion (PS3)
Bleach: Soul Resurreccion
Bleach: The Blade of Fate (DS)
Bleach: The Blade of Fate
Bleach: Heat the Soul 7 (PSP)
Bleach: Heat the Soul 7
Bleach: Dark Souls (DS)
Bleach: Dark Souls
Bleach: The 3rd Phantom (DS)
Bleach: The 3rd Phantom
Bleach: Shattered Blade (WII)
Bleach: Shattered Blade
Bleach: Heat the Soul 6 (PSP)
Bleach: Heat the Soul 6
Bleach: Soul Carnival 2 (PSP)
Bleach: Soul Carnival 2
Bleach: Versus Crusade (WII)
Bleach: Versus Crusade
Bleach: Heat the Soul 2 (PSP)
Bleach: Heat the Soul 2
Bleach Advance (GBA)
Bleach Advance
Bleach: Soul Carnival (PSP)
Bleach: Soul Carnival
Bleach: Blade Battlers 2nd (PS2)
Bleach: Blade Battlers 2nd
Bleach: Erabareshi Tamashii (PS2)
Bleach: Erabareshi Tamashii
Bleach: Hanatareshi Yabou (PS2)
Bleach: Hanatareshi Yabou
Bleach: Heat the Soul 5 (PSP)
Bleach: Heat the Soul 5
Bleach: Heat the Soul (PSP)
Bleach: Heat the Soul
Bleach: Tasogare Ni Mamieru Shinigami (GC)
Bleach GC: Tasogare Ni Mamieru Shinigami
Bleach: Heat the Soul 4 (PSP)
Bleach: Heat the Soul 4
Bleach Quiz (IP)
Bleach Quiz
Bleach Card Maker (IP)
Bleach Card Maker
Bleach DS 4th: Flame Bringer (DS)
Bleach DS 4th: Flame Bringer
Bleach: Heat the Soul 3 (PSP)
Bleach: Heat the Soul 3
Bleach: Blade Battlers (PS2)
Bleach: Blade Battlers

Muitos títulos já foram lançados sobre este Anime, tenho pena que por terras nacionais não tenha tido tanto impacto, pois ontem, pela primeira vez encontrei um destes títulos a venda, pela net encontrei já vários para a PSP mas quando finalmente tinha a possibilidade de experimentar o jogo, chegava a uma triste realidade, o jogo estava integralmente em japonês. Embora tenha muita curiosidade quanto a língua e embora gostasse de aprender a falar japonês ainda não me encontro nessa posição.
O jogo que encontrei ontem foi o da PS3 e embora bastante simples a nível de jogabilidade, é bastante viciante, para quem gosta do Anime, pois para quem nem conhece não irá perder muito tempo nisto.

O jogo não sugue fielmente a historia do Anime, pelo que ouvi dizer, pois ainda estou no inicio do mesmo e pouco posso dizer. Gostava que este Anime tivesse tido tanto impacto como o Dragon Ball que após tantos anos ter terminado ainda são lançados jogos. Gostava de ver, um dia, sair um jogo onde vestisse-mos a pele das personagens principais da serie e corre-se-mos todos os 366 episódios que saíram....



segunda-feira, 2 de abril de 2012

Kinect


Kinect - Revolução ou não?


Hoje vamos olhar um pouco para a Microsoft, por vezes esqueço-me das concorrentes da Sony, como grande utilizador que sou, mas hoje vamos falar do Kinect que foi uma boa aposta por parte da Microsoft em criar algo que nem e preciso comandos, basta usar o movimento do corpo. 
Realmente e um conceito super inovador,mas será mesmo útil? Consegue ser tão preciso como a Wii ou mesmo a Playstation move?
As opiniões dividem-se, uns dizem que vale a pena e que é super agradável e divertido outros dizem o contrario, que é caro e que passado algum tempo torna-se monótono.

O que é o Kinect?

O Kinect é o nome de um projecto desenvolvido pela Microsoft para a sua consola de última geração Xbox 360, que tem ainda como colaboradora a empresa Prime Sense. O projecto visa criar uma nova tecnologia capaz de permitir aos jogadores interagir com os jogos sem a necessidade de ter em mãos um comando/joystick, inovando o campo da jogabilidade, já bastante destacado pelas alterações trazidas pela Wii, da Nintendo.

Características

O sensor do Kinect, tem cerca de 23 cm de comprimento horizontal. Ele têm 5 factores principais: 
  1. Câmara RGB (Red, Green, Blue) que permite o reconhecimento facial perfeito da pessoa que está em frente da consola. 
  2. Sensor de profundidade, que permite que o acessório "varrer" o ambiente a sua volta em três dimensões. 
  3. Microfone embutido, que além de captar as vozes mais próximas, consegue diferenciar os ruídos externos. Desta forma, barulhos de fundo não atrapalham o Kinect. O microfone também é capaz de detectar várias pessoas diferentes numa sala (só não se sabe se a precisão é perfeita, já que é comum, por exemplo, irmãos com vozes parecidas). 
  4. Próprio processador e software. 
  5. Detecta 48 pontos de articulação do nosso corpo, ou seja, possui uma precisão sem precedentes.
 
Bom à luz desta informação podemos concluir que é um bom avanço pois foi a primeira consola a implementar este sistema mas será bom ou não?

Será ela capaz de reproduzir os movimentos nas melhores condições?



Eu como utilizador da Move da Sony, posso dizer que por muito bom que aquilo possa ser, não é perfeito, pois há movimentos que nunca são perfeitamente reproduzidos, não dizendo que a Sony e melhor à Microsoft ou vice-versa custa-me a acreditar que a Kinect o faça.....
Não tirando mérito ao sistema nem tirando a diversão, pois experimentei uma vez, já há algum tempo, se a memória não me falha até foi um jogo de futebol, tanto eu como a minha sobrinha diverti-mo-nos bastante com aquilo, mas as minhas primeiras enlações foi que realmente o aparelho não conseguia reproduzir muito bem o movimento do corpo. Com o tempo que já passou não sei se já não houve actualizações por parte da Microsoft mas que sabe, este foi o primeiro passo, pode ser que "amanha" a Microsoft lance um Kinect 2 onde alguns dos problemas actuais desapareçam....

Mas o Kinect não funciona só a nível de jogos, também consegue-se controlar a consola para vermos um filme, ouvir musica, tal como diz a Microsoft, TU ÉS O COMANDO....



sexta-feira, 16 de março de 2012

O que é a realidade aumentada?


Realidade Aumentada

Quer sejas um guerreiro destemido em God of War, um piloto profissional em Gran Turismo ou um criador de níveis em LittleBigPlanet, os jogos de vídeo permitem que dês largas à tua imaginação.
A realidade aumentada é mais uma forma maravilhosa de explorares estes mundo de fantasia. Usando imagens geradas por computador, esta tecnologia transforma tudo o que te rodeia num cenário virtual e deixa-te interagir com ele - através do ecrã do televisor, de uma câmara e agora da PlayStation Vita.



 Traz os jogos para o mundo real

Ao fundir os mundos real e virtual, a realidade aumentada torna possível uma nova forma de jogar. E a PS Vita vai transportá-la para onde quer que te encontres.
"A Sony Computer Entertainment Europe sempre se interessou pelos jogos de realidade aumentada," afirma o produtor do Studio Liverpool John McLaughlin. "Tivemos os títulos EyeToy para a PlayStation 2, depois a série Invizimals na PSP e, finalmente, Start the Party! e EyePet para a PlayStation 3. Com a PS Vita, podemos ir ainda mais longe."

Transforma a tua casa num estádio de futebol

A compra de um sistema PlayStation Vita significa não só o melhor da tecnologia portátil, mas também o acesso à diversão da realidade aumentada. Com o sistema, são fornecidos seis Play Cards para Realidade Aumentada e um código promocional para a PlayStation Store para transferires três jogos de realidade aumentada, Pingue-pongue, Cliff Diving e Fireworks, gratuitamente.
Em Pingue-pongue, se colocares várias Play Cards para Realidade Aumentada sobre uma superfície plana e as visualizares no ecrã através da câmara traseira do sistema PS Vita, podes transformar a mesa num estádio de futebol. Podes usar outras Play Cards para Realidade Aumentada para criares os holofotes e um marcador.

As mesmas Play Cards para Realidade Aumentada podem ser utilizadas para criar uma prancha e uma piscina em Cliff Diving. O controlo do cenário está nas tuas mãos - define a distância entre a prancha e a piscina deslocando as Play Cards para Realidade Aumentada.

A realidade de WAAR

"Isto é possível graças à nova tecnologia por nós desenvolvida, a WAAR (Wide-Area Augmented Reality)," explica McLaughlin. "Na maioria dos jogos de realidade aumentada, a jogabilidade centra-se em torno de uma só carta. Com WAAR, podes jogar com seis cartas.
Assim sendo, quando se joga um título com uma só carta, quando nos afastamos dela, afastamo-nos da ação. WAAR permite-nos criar um mundo de realidade aumentada de maiores dimensões, colocando as cartas em locais diferentes."
Estão a ser desenvolvidos outros títulos com Play Cards para Realidade Aumentada, pelo que os jogadores poderão experimentar a realidade aumentada em vários géneros. E o melhor de tudo é que não tens de comprar novas Play Cards para Realidade Aumentada - podes continuar a usar as mesmas para viveres novas experiências. Se as perderes, podes imprimir Play Cards para Realidade Aumentada gratuitamente a partir da eu.playstation.com.

Lutar nos quatro cantos do mundo

Nem todos os jogos de realidade aumentada para a PS Vita requerem Play Cards para Realidade Aumentada. Com Fireworks, podes apontar a câmara traseira para qualquer superfície e projetar um espétaculo de fogo de artifício, que podes ver no ecrã do sistema PS Vita. Se não estiveres ao ar livre, podes criar o céu com uma Play Card para Realidade Aumentada. Quantos jogos te dão a possibilidade de construir um cenário deslumbrante com um acessório do tamanho do teu bolso?
Temos também aplicações como t@g, o software gratuito para criação de graffitis que te permite deixar a tua marca onde quer que estejas. Outros utilizadores de t@g podem tirar partido das funcionalidades de realidade aumentada do sistema PS Vita para descobrirem novos t@gs.


Reality Fighters é outro jogo de realidade aumentada que explora as características únicas do sistema PS Vita. Podes tirar uma fotografia da tua cara (ou da de outra pessoa) e colocá-la no rosto de um lutador. Dá-lhe a tua voz falando pelo microfone incorporado, muda o seu aspeto e estilo de combate e lança-o para a luta - em praticamente qualquer local do mundo.
Estejas onde estiveres - no parque do teu bairro, num aeroporto ou na tua cozinha - podes tirar uma fotografia do que te rodeia com a câmara traseira da PS Vita e lutar contra qualquer pessoa, em qualquer lugar, com Reality Fighters.

A união entre o futuro e a realidade

Este é apenas o início para a realidade aumentada na PS Vita. As casas de programação estão a explorar as novas possibilidades oferecidas pelo poderoso sistema portátil.
"Acho que vamos começar a ver muito mais exemplos de realidade aumentada nos jogos," diz-nos McLaughlin. "Por exemplo, podíamos criar um jogo ao estilo de Heavy Rain, em que as câmaras da PS Vita eram usadas para encontrar pistas.
Ou tirar fotografias dos carros de Gran Turismo, colocá-los na sala de estar e conduzi-los como se fossem carros telecomandados. Podíamos criar uma pista com colinas e chicanas, conforme a posição das Play Cards para Realidade Aumentada."
A realidade aumentada significa que estás, literalmente, de mãos no jogo, combinando a fantasia e a vida real num todo coeso....

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Uncharted - Golden Abyss

Uncharted - Golden Abyss

História


Descobriste a Drake's Fortune (1º jogo da saga), passaste tempo Among Thieves (2º jogo da saga), desvendaste o mistério por trás do Drake's Deception (3º jogo da saga) e ainda queres mais acção envolvente de Uncharted? Então, pega no teu sistema PlayStation Vita e prepara-te para Uncharted: Golden Abyss, a emocionante estreia de Nathan Drake na jogabilidade portátil.

Esta aventura criada pelo Sony Bend Studio acontece antes dos eventos narrados em Uncharted: Drake's Fortune para a PlayStation 3. A tua missão é desvendar o segredo sombrio que está por trás do massacre de uma expedição espanhola à América Central, há 400 anos.

Apanhado entre a rivalidade que existe entre o velho amigo Jason Dante e Marisa Chase, a neta de um arqueólogo que desapareceu misteriosamente, vais ter de atravessar ruínas ancestrais e uma selva perigosa para descobrir a verdade.

Achas que tens o que é preciso para te aventurares profundamente no Abismo Dourado do sistema PS Vita?

Personagens




Uncharted: Golden Abyss apresenta um intrigante elenco de personagens com as quais vais passar algum tempo. A principal é o herói da série Nathan Drake, que na versão em inglês tem a voz do aclamado actor de videojogos, Nolan North.

Neste último episódio da série blockbuster, juntam-se às caças de tesouros à volta do mundo duas novas personagens que entram pela primeira vez no universo Uncharted - Jason Dante e Marisa Chase.
Dante é um velho amigo de Drake e Victor "Sully" Sullivan. De facto, foi Drake quem ensinou Dante tudo o que este sabe sobre caças ao tesouro, por isso, eles têm um rico passado em comum que serve de base para as conversas escritas pela equipa do Sony Bend Studio e revistas pelos criadores de Uncharted, a Naughty Dog.

A esta dupla junta-se Marisa Chase, uma exploradora combativa e neta de um arqueólogo que desapareceu enquanto procurava as mesmas respostas que Drake e o seus companheiros. E como todas as personagens do mundo brilhantemente criado da PlayStation, Marisa tem segredos, por isso, prepara-te para muitas voltas e reviravoltas à medida que história avança para o seu final épico.

Jogabilidade


Uncharted: Golden Abyss para o sistema PS Vita inclui a mesma acção espectacular que pode ser encontrada no seu irmão mais velho para a PlayStation 3, mas agora podes vivê-la em qualquer lado e com uma definição espantosa, graças ao incrível ecrã OLED.

Podes saltar, baloiçar-te, deslizar e atravessar ambientes que te vão deixar de boca aberta, utilizando os manípulos analógicos do sistema PS Vita ou combinando-os com os controlos intuitivos e envolventes do painel táctil traseiro e do ecrã (ecrã táctil).

Quando utilizares o ecrã táctil para trepar uma parede ou um penhasco, basta deslizares o dedo pelo caminho designado, para o Drake seguir as tuas ordens. Também podes utilizar o ecrã táctil para eliminar inimigos sorrateiramente. Aproxima-te furtivamente de um inimigo e toca no ecrã quando for indicado para executar uma morte furtiva.

Estas novas e fantásticas funcionalidades do ecrã táctil dão uma nova profundidade à experiência de jogo no sistema PS Vita, o que apesar de precisar de algum tempo para nos habituarmos, oferece uma das aventuras Uncharted mais envolventes de sempre para a PlayStation.



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Jogos a chegar

Boas...

Faltam 15 dias para o lançamento da PS Vita e nesse mesmo dia serão lançados alguns dos jogos já falados para para este sistema

  • Uncharted - The Golden Abyss
  • Army Corps of Hell
  • Asphalt: Injection 
  • EA SPORTS FIFA Football 
  • Escape Plan 
  • Everybody's Golf (título provisório) 
  • F1 2011 
  • Hustle Kings 
  • Little Deviants 
  • Lumines: Electronic Symphony
  • Michael Jackson The Experience 
  • ModNation Racers: Road Trip 
  • Rayman Origins 
  • Reality Fighters (título priovisório) 
  • RIDGE RACER 
  • Top Darts (título provisório) 
  • TOUCH MY KATAMARI 
  • Ultimate Marvel vs Capcom 3 
  • Virtua Tennis 4 
  • WipEout 2048 (título provisório) 
  • Super Stardust Delta


domingo, 29 de janeiro de 2012

Inside PS Vita

Inside PS Vita Episode 1






Inside PS Vita - Episode 2


 

Estaremos Preparados????

Boas a todos....

Mais uns dias passaram e a data de lançamento aproxima-se.....mas estaremos aptos para comprar a nova consola portátil da Sony?
Num outro artigo viu-se que vão ser lançados 2 pacotes, um que vai custar +/- €250 que tem tudo menos a ligação permanente ao web e o outro que vai custar +/- €300 e será o pacote completo, com a tal ligação a web (ligação fornecida pela Vodafone), ligação esta que vai ser paga mensalmente, pois nada é de graça.

Qual será a melhor solução?

Ora bem como sabemos a PS Vita vocacionada principalmente para a interacção dos jogadores entre si, ao contrário das anteriores que tinham como objectivo o jogador no singular esta quer interligar todos os jogadores através dos desafios online, desafios estes que tanto podem ser criados pelos próprios jogos ou por outros jogadores, por exemplo, em determinado jogo o melhor tempo é batido por jogador A e este lança um desafio para a comunidade para ver quem consegue bater esse tempo. Pode ser também deixadas mensagem de ajuda para que outros jogadores possam ajudar a passar uma determinada parte do jogo.

Ninguém poderá dizer que não são óptimas novidades, porque são, mas já ponderaram que uma PS Vita, mesmo o pacote sem a ligação constante a web(embora não tenha o 3G tem Wi-Fi) custa quase tanto tanto como uma PS3?

E para os que estão a pensar em comprar a consola com o 3G, já pensaram que para alem dos €300 (que nos dias que correm e muito dinheiro) ainda terão de pagar uma mensalidade pelo 3G? Será que compensa?

Hoje em dia existe praticamente Wi-Fi em todas as casas e para os que possuem ZON ainda têm a possibilidade de aceder a web sem custos adicionais através da ZON FREE INTERNET. Embora ainda cara, não será melhor optar pelo primeiro pacote?

Eu tenho como plano comprar a PS Vita, mas não quando for lançada, vou esperar que exista um pacote onde inclua um jogo (de preferência o Uncharted), pois quando a PSP foi lançada eu comprei assim que foi lançada e foram €300 (consola + jogo) porque qual será a piada comprar o equipamento e depois não ter nada para jogar?

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Sabias que.....

Cross Platform Play (Jogabilidade Multiplataforma)


É possivel parares de jogar um jogo na PS3 e retomá-lo na PS Vita?

Mais uma novidade que a nova consola portátil da Sony vai inserir, mas o que é isto de jogabilidade multiplataforma? 
Ora bem jogabilidade multiplataforma, podes iniciar o jogo no sistema PS3, colocá-lo em pausa e retomá-lo na PS Vita. Também podes participar em jogos para vários jogadores na PS Vita e enfrentar os teus amigos na PlayStation®3.

Mais uma boa novidade da Sony para a sua nova consola portátil.
A todos os interessados aproveitem e não se esqueçam, dia 22 de Fevereiro agarrem no mealheiro e passem por uma loja que o vosso novo brinquedo estará la a vossa espera....

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

PS Vita

Boas a todos


Muito já se tem dito desde que o projecto PS Vita foi anunciado na E3 em 2011. A consola trouxe boas inovações como é o caso do duplo analógico, as câmaras (frontal e traseira) incorporadas e o GPS. A consola possui um sistema de touch onde podemos interagir com os mesmos através do toque no ecrã, assim como na parte de trás. Os jogos são em formato de cartão de memória em vez do UMD, o que permite que o acesso aos jogos seja feito de uma maneira mais rápida. A PS Vita deixou de usar o Memory Stick Duo e passou a usar um novo formato, de tamanho muito inferior e desenvolvido unicamente para este sistema.
Os valores para este novo Memory Card para a Europa serão:

  • Cartão de Memória 4Gb - €19.99
  • Cartão de Memória 8Gb - €34.99
  • Cartão de Memória 16Gb - €49.99
O uso do cartão será obrigatório para conseguirmos jogar muitos dos jogos já disponíveis para o sistema.
Alguns dos valores dos jogos para a PS Vita:
  • Uncharted: Golden Abyss - €49.99
  • ModNation Racers: Road Trip - €39.99
  • Everybody's Golf - €39.99
  • WipEout 2048 - €39.99
  • Unit 13 - €39.99
  • Little Deviants - €29.99
  • Reality Fighters - €29.99
Os pacotes disponíveis a partir do dia 22 de Fevereiro deste ano será:
 

  • Vita Wi-Fi - 249,99€
  • Vita 3G + Wi-Fi - 299,99€
 




quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Inicio

 Boas a todos....

Está aberto este blog para todos os amantes de jogos e consolas.

Tenho como objectivo ir informando as novidades que vão surgindo, actualmente com o lançamento da nova consola portátil, a PS Vita e de futuro com a PS4 ou a nova XBOX...

Espero que seja do vosso gosto


Dannyfocus