segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Classic Game Room

Classic Game Room

Boas a todos,

Há uns tempo atrás descobri  no YouTube um canal de classificação de jogos (antigos e novos) no qual me tornei seguidor.
Acho que a maneira dele apresentar os jogos e de os avaliar é bastante fora do vulgar e bem divertida. Ele avalia desde jogos a equipamentos, ou seja, de tudo um pouco.
Deixo aqui alguns dos videos dele para que tirem as vossas conclusões.
Abraços a todos....



 





Max Payne



Max Payne é um jogo na terceira pessoa vencedor do BAFTA (British Academy of Film and Television Arts) desenvolvido pela empresa finlandesa Remedy Entertainment, produzido pela 3D Realms e distribuído pela Gathering of Developers em 2001 e pela Rockstar Games em 2002.
Este jogo conta a história de um policia chamado Max Payne, que na tentativa de se infiltrar na máfia com o objectivo de investigá-la vê a máfia e a própria polícia contra ele. Isto coloca-o numa vingança fora de controle contra os fantasmas da sua vida.

O lançamento inicial deu-se com a saída do primeiro da trilogia (até aos dias de hoje), Max Payne, onde o jogador assume o papel do personagem principal, Max Payne. Quase todo o jogo envolve a utilização do "bullet time" para balear inimigo após inimigo. Os níveis são geralmente simples, com quase nenhuma caça às chaves; havendo alguns níveis incorporam elementos de plataforma e quebra-cabeças. No entanto, a ênfase principal do jogo está no tiroteio.
Inicialmente, a única arma que o jogador possui é uma pistola de 9 milímetros; à medida que o jogador avança no jogo vai tendo acesso à outras armas, incluindo pistolas (Bereta 92 e Desert Eagle), espingardas (espingardas de bomba de ação e de cano serrado e uma Pancor Jackhammer automática), sub-metralhadoras (Ingram e Colt Commando), um lançador de granadas M79, uma rifle de precisão, e armas de ataque corporal (algumas destas armas podem ser usadas em dobro, sendo usada uma arma em cada mão).
A inteligência artificial do jogo é totalmente dependende dos comandos pré-escritos. A maior parte dos movimentos dos inimigos de inteligência artificial, como lançar granadas, esconder-se atrás de caixas, fugir do jogador, são todos pré-escritos. Assim quando um nível é repetido, inimigos fazem os movimentos iniciais exactamente iguais aos que foram feito na primeira vez.
Para se mover ao longo do jogo, o jogador pode descobrir quais são os seus objectivos "ouvindo" os pensamentos de Payne, onde Payne repete para si mesmo quais são os seus próximos passos a tomar. Vários níveis do jogo envolvem pesadelos simbólicos-surrealistas relacionados aos efeitos das drogas resultando nas alucinações de Max.
Níveis com dificuldade avançada são extremamente desafiadores; o modo "Dead on Arrival" limita que o jogador salve apenas sete vezes por capítulo, e o modo "New York Minute" força o jogador a terminar o capítulo antes do tempo limite acabar. Quando o jogo é completado no modo "Dead on Arrival", Max é transportado para a "Final Battle" (Batalha Final), onde o jogador luta contra 20 assassinos de terno em Bullet Time infinito e cada um dos inimigos com uma Jackhammer Pancor.
Na dificuldade máxima, Max é (a partir de uma perspectiva de jogo) extremamente frágil e morre após sofrer poucos tiros das rifles, ou um tiro de espingarda preciso. A maioria dos inimigos pode ter vida superior a três vezes a de Max. O jogador pode curar Max consumindo analgésicos




Max Payne 2: The Fall of Max Payne é a sequela desenvolvida pela empresa finlandesa Remedy Entertainment e publicado pela Rockstar Games lançado em 2003. O jogo Max Payne, mantém as mesmas características do anterior como os movimentos em câmera lenta e o clima de um film noir em Nova York.
Max Payne é transformado de prisioneiro em policia herói. Alfred Wooden cumpriu a sua palavra e limpou as acusações contra Max. Agora ele trabalha com Jim Bravura como detetive da polícia de Nova York.
Porém ao tentar ajudar o amigo Vladmir Lem, contrabandista de armas russo, a retomar o seu restaurante Vodka acaba por descobrir que há alguém que quer vê-lo morto.
Nisto ele reencontra Mona Sax, que acreditava estar morta por ter levado um tiro na cabeça. Ela é considerada suspeita de assassinato no caso da detetive Winterson, a sua colega de trabalho. Mona Sax revela que também possui pessoas atrás de si e que pode ajudá-lo pois conhece membros da mesma sociedade secreta de Alfred Wooden. Max apaixona-se por Mona Sax.




Max Payne 3 chega em 2012 (9 anos depois do segundo) e é um jogo na terceira pessoa da Rockstar Games lançado em Maio para Microsoft Windows, PlayStation 3 e Xbox 360.O desenvolvimento é feito pela Rockstar Vancouver, em colaboração com os estúdios de Nova Inglaterra, Londres e Toronto. É o primeiro jogo da série que não foi desenvolvido pela empresa finlandesa Remedy Entertainment e também não é escrito pelo criador da série, Sam Lake. O autor principal de Max Payne 3 é Dan Houser, que também foi o escritor da maioria dos jogos da série Grand Theft Auto e de Red Dead Redemption.
Max Payne 3 é um jogo na terceira pessoa no qual o jogador assume o papel da personagem principal, Max Payne.
Max Payne 3 contará com o zoom sobre o ombro e mecânica de cobertura. No entanto, estes só vão servir como enfeite do clássico "correr e disparar" do jogo.
Em Max Payne 3 regressará também o bullet-time nas sequências de acção, em que a franquia é bastante notável. Em bullet-time, será possível ver todas as balas fazerem um buraco nos seus inimigos. A mecânica de "Last Man Standing", o que dá Max um alívio da morte por um pequeno período, se ele tiver um analgésico com ele. Se o jogador é capaz de encher o inimigo, que o feriu, de balas irá então recuperar a energia suficiente.
Max Payne 3 mantém a mecânica de atirar-esquivar dos jogos anteriores. Max também será capaz de permanecer no solo após um mergulho, o que lhe permite atirar em 360 graus em redor. Rockstar combinou a física e animação, de modo que quando Max mergulha, é de acordo e apropriado ao seu ambiente. Através da utilização avançada do motor Euphoria, atirando e matando os inimigos em Max Payne 3 ficará visivelmente mais realista do que em todos os jogos anteriores da Rockstar.
Novo na série são os movimentos de acção cinematográficas, essencialmente vídeos interactivos. Max, por exemplo, deve saltar de uma varanda de fábrica, agarrar um gancho do guindaste e atirar contra uma multidão de bandidos, enquanto gira em câmara lenta.


 Pessoalmente joguei os primeiros 2 jogos de Max Payne e na altura fez o meu delírio e dos meus colegas de escola na altura. Foram introduzidas grandes novidades em ambos os jogos que por isto do bullet-time surgiu mais ou menos na altura em que os Filmes do Matrix estavam a dar voltas a cabeça das pessoas.
Estou bastante curioso por este jogo e sendo um lançamento da Rockstar que já deu grandes nomes com GTA e Red Dead Redemption. Vou ter de contar os tostões para ver se consigo jogar mais um grande título como Max Payne 3